quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Tapioca: A estrela das dietas (Painel do Coronel Paim)

domingo, 2 de dezembro de 2018

Os 7 benefícios da Chourela na alimentação (Painel do Coronel Paim)

domingo, 25 de novembro de 2018

Arroz, um alimento nobre e saudável (Painel do Coronel Paim)

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Conheça a culinária pantaneira



shutterstock_274800299
Com grande variedade de peixes e combinações de diferentes farinhas, a gastronomia pantaneira é uma das mais ricas culinárias do Brasil. Com a proximidade da região com o Paraguai e com um dos maiores percentuais de população indígena do país, a gastronomia do Pantanal se baseia fortemente em pescados e alimentos como o milho e a mandioca. O chef do restaurante Ventanas – do Hotel Deville Prime Campo Grande – Wagner Spala explica que, diferente de outros lugares do Brasil, a diversidade de farinhas influencia na culinária local. “Um pequeno passeio no mercado já é o suficiente para perceber que existem farinhas de todos os tipos e cores. Isso explica muito da tradição local”, comentou.

Sabores do Pantanal

A culinária local explora uma grande variedade de peixes de água doce, como o pintado e o pacu, perfeitos em caldos e sopas. De acordo com o chef Wagner, os doces de frutas como a guariroba também são pontos altos. “Outros ingredientes importantes são a banana da terra e a abóbora, que harmonizam bem com a carne seca”, afirmou.

Principais pratos

Entre os preferidos dos pantaneiros estão as sopas de palmito, a pantaneira – preparada com farinha de mandioca, macarrão e carne de sol – e a chamada Poréu, que, de acordo com o chef Wagner, é simples, mas muito saborosa e pode ser feita se o hóspede quiser experimentar um gostinho do Pantanal do Mato Grosso do Sul. “O Poréu leva apenas mandioca, caldo de carne, sal e pimenta e é um clássico”, contou.
Ainda de acordo com Wagner Spala, um dos pratos mais tradicionais do Pantanal não poderia ter outro nome: a sopa paraguaia. Apesar de ser chamado de sopa, o prato é um bolo salgado, preparado com manteiga, cebola, fubá, grãos de milho, ovos e queijo de cura. “Reúne tudo de mais tradicional”, concluiu o chef.
A cidade de Campo Grande é uma das grandes portas de entrada para as belezas e delícias da região. Conhecer o Pantanal é praticamente uma obrigação para quem ama viajar ou tem interesse pelo ecoturismo. Isso porque a região é um prato cheio, com uma vasta área repleta de espécies animais e vegetais, algumas bem raras. Devido a toda sua riqueza, o Pantanal é considerado Patrimônio Natural Mundial pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco). Aproveite para conhecer o Hotel Deville Prime Campo Grande e aproveite o melhor do Pantanal.

Postado por Carlos PAI
M

quinta-feira, 12 de maio de 2016


 Minha foto


          


        



Clique no Link abaixo e acesse um ou mais dos 599 Blogs da Parceria: Fundação Portal do Pantanal / Painel do Paim/FM América 100.9 Mhz

https://www.blogger.com/profile/04886160289569279765



Postado por: Ygor I. Mendes

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016